Carro sem mistério

Farol de milha e de neblina são a mesma coisa?

O clássico Gol GTI possuía faróis de milha (redondos na grade) e de neblina (retangulares e no para-choque)

A resposta é não. Embora tenham um formato parecido e sejam instalados como auxiliares dos faróis principais, os faróis de neblina e de milha têm função diferente. Bem diferente.

Os faróis de milha, muito citados décadas atrás, têm como função iluminar à distância, daí o uso da medida “milha” (1.609 metros), ou seja, são usados para que o motorista possa enxergar mais longe do que os faróis altos permitem. Por essa razão podem causar problemas já que se mal regulados acabam interferindo na visão de um condutor no sentido contrário. Seu foco é maior para evitar a dispersão da iluminação.

Já os faróis de neblina, mais comuns em vários carros hoje em dia, são feitos para iluminar à curta distância a fim de facilitar a direção do motorista em ambientes com baixa visibilidade como a neblina, nevoeiro ou fumaça. Por isso são instalados bem abaixo dos faróis principais, perto do chão. Eles devem ser usados sempre em conjunto com os faróis principais.

Para completar ainda temos as lanternas de neblina que, como os faróis, também têm a função de facilitar a visualização em ambientes com baixa visibilidade. Da mesma forma, devem ser instaladas na parte inferior do veículo.

Siga a Jocar

Acompanhe nossas redes sociais!

Video

Fusíveis automotivos - para que servem e como trocar