Carro sem mistério

O que são pneus verdes?

Pneus verdes (divulgação)

Já dizia um executivo de marketing sobre os pneus: como vender um produto que é praticamente igual em qualquer marca? Mas acredite, há também os “pneus verdes”, mas não espere por ver carros com essa cor nas rodas. Na verdade, trata-se de pneumáticos com caráter mais ecológico por significarem na prática um consumo menor de combustível, além de uma composição menos tóxica.

  • O que são pneus verdes?

São pneus confeccionados com sílica – dióxido de silício / derivado da areia – em substituição do negro de fumo (pó escuro fabricado por meio da queima de óleos em fornos especiais), elemento fortalecedor da borracha e essencial para a construção dos pneus.

Pneus verdes (divulgação)

Desse modo, o pneu produzirá menos calor com o atrito do solo e terá uma eficiência energética maior do que um pneu convencional. Geralmente os pneus verdes são voltados para carros que tem como foco a maior autonomia e o menor consumo de combustível.

Pneus verdes (divulgação)

Com menos atrito em relação ao solo, o pneu exige menos do motor, o que acaba resultando em economia de combustível. Dessa forma, há menos desperdício de energia. O pneu trabalha mais frio e a energia que antes era transformada em calor, pode ser usada para gerar movimento.

  • Qual a diferença entre o pneu verde e o convencional?

A principal diferença entre o pneu verde – ou ecológico – e os convencionais, está relacionado ao seu preço. Enquanto um pneu comum fica na casa dos R$ 200, os pneus ecológicos custam em torno de R$ 300.

Pneus (divulgação)

Além disso, os pneus verdes têm como vantagem o fato de desgastarem menos se comparados aos pneus convencionais. Eles também produzem menos ruídos, reduzem o volume de poluentes na atmosfera e ainda auxiliam na economia de combustível.

  • Como manter a vida útil dos pneus verdes?

Assim como qualquer outro tipo de pneu, os pneus verdes precisam de cuidados para que tenham sua durabilidade exercida dentro do prazo determinado pelo fabricante. Uma das recomendações, é sempre manter os pneus bem calibrados, para que não haja um aumento no consumo de combustível.

Calibragem dos pneus (divulgação)

Fazer a calibragem semanal é extremamente importante e trará benefícios para o carro e para o motorista. Caso não tenha tempo para fazer a calibragem semanal, o indicado seria pelo menos a cada 15 dias.

Pneus (divulgação)

E lembre-se: ao fazer a calibragem dos pneus, eles devem estar sempre frios e nunca quentes. Quando os pneus estão quentes – devido à alta rodagem – a probabilidade de que a calibragem aumente automaticamente, por conta das condições é muito grande. Ou seja, se você colocou 30 libras, ele irá para 40 libras, e pode correr o risco de estourar.

** Assim como qualquer outra parte do automóvel, os pneus devem sempre receber manutenção periódica de acordo com as instruções do manual do proprietário. Procure sempre por peças originais e leve seu veículo em centros especializados para a manutenção preventiva. **

Siga a Jocar

Acompanhe nossas redes sociais!

Video

Fusíveis automotivos - para que servem e como trocar