Dicas da Jocar

Viaje com seu carro com segurança

Manutenção (divulgação)

Férias de julho, é sinônimo de pegar o carro e cair na estrada. Mas para fazer isso com segurança, é sempre recomendado fazer as revisões antes de viajar. Então vale rever alguns cuidados que devem ser tomados na hora de preparar seu carro para viajar.

Manutenção (divulgação)
  • Parte mecânica do seu veículo:

Nesta primeira parte, vamos abordar alguns itens importantes, que devem ser os primordiais numa revisão antes de se pegar a estrada.

  • Freios:

Os freios do seu carro têm papel fundamental no que se diz respeito a segurança dos passageiros, e dos demais motoristas. Sendo assim, revisar a qualidade dos freios, é de extrema importância para a segurança de todos a bordo.

Freio a Disco Ventilado

Dentre os três modelos mais comuns disponíveis nos automóveis, o freio a disco, ventilado e perfurado, eles funcionam basicamente da mesma maneira, transformando energia cinética do movimento do veículo em energia térmica, criando assim atrito entre as pastilhas de freio e os discos ou tambores. O grande problema fica por conta do excesso de calor gerado pelo atrito das pastilhas, que pode acabar prejudicando o bom funcionamento dos freios.

Pastilhas de freios (foto: Treemonster86)

Peça sempre para o mecânico verificar não só a qualidade dos freios, mas também se os fluidos estão dentro das normas do fabricante, bem como se está precisando fazer a troca ou não. Outro item atrelado aos freios, são as pastilhas do freio, que também merecem um cuidado especial. Que se não forem trocados dentro do prazo específico, ou se apresentarem problemas, podem trazer grandes riscos à sua segurança.

  • Câmbio:

Já explicamos aqui a diferença entre o câmbio automático e automatizado. E assim como os freios, o câmbio é um item muito importante na parte mecânica do seu veículo, e merece uma atenção especial na hora da revisão de férias.

Câmbio automático

É sempre bom verificar o que diz o manual do proprietário no que diz respeito a manutenção do câmbio. É preciso também ficar atento ao tipo de câmbio existente no seu carro, e qual o custo caso precise trocar a peça inteira.

O conjunto de câmbio de um BMW

Dependendo da situação, e do modelo do câmbio, os valores podem facilmente passar dos R$ 5 mil. Peça ao mecânico que verifique o estado do óleo que lubrifica as engrenagens do câmbio, e se tais peças precisam ser revistas.

  • Suspensão:

Outro item que garante não só o conforto a bordo, mas estabilidade e segurança ao fazer curvas, a suspensão é um dos itens mais complexos e importantes do seu veículo. Dependendo de qual é a proposta do seu veículo – passeio, off-road ou esportivo – a suspensão vai garantir que as imperfeições da pista/solo não sejam diretamente transferidas para os ocupantes do veículo.

Suspensão (divulgação)

Além disso, a suspensão é vital para a segurança ativa do veículo, ajudando a não comprometer a integridade física do usuário. Ela é formada por uma série de componentes (amortecedores, molas, bandejas, braços, pivôs, buchas, barra estabilizadora e bielas), e como qualquer outra parte do veículo, ela sofre desgaste natural que, caso não sejam realizadas as manutenções preventivas, pode acabar prejudicando seu desempenho.

Suspensão

Neste caso, é sempre bom verificar no manual do proprietário, qual o tipo de suspensão existente no seu veículo, que pode ser de eixo rígido, por eixo de torção, independente, pneumática ou a ar. Cada uma delas tem uma manutenção específica que vai garantir férias mais tranquilas.

Manutenção (divulgação)

Também é importante lembrar de outros itens que acompanham a suspensão, como as molas, e amortecedores, que ajudam a dar conforto aos passageiros do veículo. A suspensão deve receber manutenção periódica de acordo com as instruções do manual do proprietário, sempre com peças originais que sejam feitos em centros especializados para a manutenção preventiva.

  • Pneus:

Outro item de extrema importância, são os pneus. Eles garantem a estabilidade e o desempenho em altas velocidades. Mas devemos ficar alertas aos sinais que os pneus nos mostram para fazer a troca e manutenção preventiva.

Pneus: calibragem é essencial

Uma das coisas a serem observadas são as ranhuras do pneu, que em tese determinam a “idade” da borracha. Segundo Renato Baroli, diretor comercial da Bridgestone, “Existem variáveis que podem determinar o momento certo para realizar a troca dos pneus”, ou seja, tudo depende de alguns fatores como tipo de pneu (radial ou diagonal), volume de carga transportada, a maneira como o motorista conduz o veículo, o tipo de piso, o clima e a manutenção correta realizada ao longo da vida útil do pneu. “Por isso, os motoristas devem sempre ficar atentos ao TWI (Tread Wear Indicator)”, conclui Baroli.

Pneus Run Flat (divulgação)

Por isso, sempre consulte o manual do proprietário, que lá estará as diretrizes da marca, quanto a troca e calibragem dos pneus, e sempre procure um borracheiro de confiança para executar as manutenções preventivas. Opte também sempre por marcas recomendadas pela montadora, e fuja de pneus de procedência duvidosa.

Siga a Jocar

Acompanhe nossas redes sociais!

Video

Fusíveis automotivos - para que servem e como trocar