Carro sem mistério

Os tipos de luzes do seu automóvel

Luz de freios (Pxhere)

Farol, lanterna, luz, são tantas definições sobre iluminação que na hora de lembrar do que cada uma se trata em nosso veículo é difícil saber. O assunto, no entanto, não é tão complicado assim como mostra o Cesvi, órgão independente de segurança veicular, em seu mais recente boletim técnico. Confira:

Luz de posição (lanterna)

Serve tanto para indicar presença quanto para sinalizar aos outros motoristas qual é a largura do seu veículo.

Luz baixa

É o farol mais usado à noite. Serve para iluminar a via à frente do veículo, mas com um alcance e intensidade calculados para não provocar ofuscamento ou desconforto aos motoristas que vêm na direção contrária, nem aos que seguem à sua frente, olhando pelo retrovisor.

Luz alta (farol alto)

Serve para iluminar a via a uma longa distância à sua frente, principalmente em estradas sem iluminação. Mas não pode ser usada ao cruzar com outro veículo ou segui-lo, justamente para não atrapalhar a visão do outro motorista.

Farol de neblina

É um opcional do carro. O objetivo é melhorar a visibilidade do motorista em casos de neblina, tempestade ou nuvem de poeira.

Farol de milha

Outro opcional, tem facho de luz concentrado e de alta intensidade, sendo utilizado na iluminação a distância, assim como acontece com a luz alta.

Siga a Jocar

Acompanhe nossas redes sociais!

Video

Fusíveis automotivos - para que servem e como trocar