Cuide de seu carro

Para que servem os amortecedores?

Cuidados com o amortecedor (divulgação)

Há algum tempo, falamos sobre a importância da suspensão do seu automóvel e seus cuidados. Agora, vamos abordar sobre um dos componentes mais importantes da suspensão: os amortecedores.

Amortecedor (divulgação)

Basicamente, os amortecedores têm a função de limitar as oscilações da carroceria, controlando a abertura e o fecho da suspensão e garantindo bons níveis de conforto e estabilidade. E para explicar mais sobre o tema, montamos um pequeno guia a respeito.

  • Como funciona o amortecedor?

Como dito anteriormente, o amortecedor garante a estabilidade e conforto necessários para que mesmo em terrenos mais acidentados, os passageiros não sintam as imperfeições do solo, que são absorvidas pela suspensão e os amortecedores.

Amortecedor (divulgação)

O amortecedor usado em carros é do tipo hidráulico e é uma peça fundamental para a estabilidade e conforto do veículo, porque ele dissipa as oscilações. O princípio físico envolvido no seu funcionamento é a dissipação de energia de um fluido ao passar por um canal estreito, transformando a energia de movimento em calor.

  • Existe mais de um tipo de amortecedor?

Sim, atualmente existem dois tipos de amortecedores, que são utilizados pelas montadoras, os chamados convencionais e os pressurizados.

No caso dos amortecedores convencionais, o sistema é composto por conjunto de pistão e válvulas fixados à haste que se move por dentro de um tubo com óleo especial, que também resiste às altas temperaturas e pressões. Esse tipo de amortecedor é mais comum em caminhões, ônibus e alguns carros mais antigos.

Cuidados com o amortecedor (divulgação)

Já no caso do amortecedor pressurizado, ele utiliza um sistema com funcionamento hidráulico. Ele apresenta em seu sistema a pressurização com nitrogênio à baixa pressão que evita a falta de óleo no ciclo de abertura da haste, eliminando os “vazios” ou falhas no acionamento destes modelos, resultando em maior vida útil do produto que os amortecedores convencionais.

A ação da pressão do gás mantém a roda em maior contato com o solo, aumentando aderência e estabilidade do veículo sem comprometer o conforto, resultando em mais eficiência em pisos irregulares e curvas acentuadas.

  • Quais são os componentes do amortecedor?

O chamado kit do amortecedor conta com algumas peças que ajudam no conforto ao rodar do seu carro, entre eles o coxim, coifa e batente, e cada uma dessas peças é de fundamental importância para manter as rodas no chão e um rodar seguro. Veja abaixo a lista:

Cuidados com o amortecedor (divulgação)

Coxim: é uma peça de metal com revestimento feito de borracha, que auxilia a dissipação de energia cinética. Essa peça recebe o impacto da suspensão do carro, sustentando o amortecedor na carroceria;

Coifa: é uma capa que envolve a haste de suspensão, protegendo-a contra a poeira, penetração de detritos e vazamentos no amortecedor. É feita de borracha por se tratar de uma peça de vedação;

Batente: sustenta a mola no amortecedor, sendo dimensionado para manter o curso da mola dentro de uma determinada medida. Reduz, assim, a batida da mola, aumentando sua vida útil.

  • Como identificar problemas no amortecedor?

Assim como outras partes do seu veículo, é sempre importante ficar atento a quaisquer sinais de que algo está errado com as peças. E como o amortecedor cuida da segurança e estabilidade do carro, é sempre bom ficar atento a qualquer problema.

Amortecedor (divulgação)

Sempre verifique se as molas da suspensão não estão muito gastas, pois se estiverem, é recomendado levar ao seu mecânico o mais rápido possível, para evitar problemas futuros. Outro item a ser verificado que tem relação com a suspensão, e os amortecedores, é se o compartimento do óleo lubrificante está vazando.

Os freios também podem indicar que há algo de errado com os amortecedores. O tempo que o carro demora para parar totalmente quando o freio é acionado, por exemplo, pode indicar problemas no amortecedor. Como o freio depende da aderência do pneu no solo, um problema de suspensão pode comprometer o desempenho do freio, aumentando o tempo que o carro leva para parar completamente durante a frenagem.

** Assim como qualquer outra parte do automóvel, o amortecedor deve receber manutenção periódica de acordo com as instruções do manual do proprietário. Procure sempre por peças originais e leve seu veículo em centros especializados para a manutenção preventiva. **