Novidades em carros

Peugeot 208 ganha nova geração na Europa

Peugeot 208 2020 (divulgação)

O novo Peugeot 208 foi revelado de forma oficial na Europa nas últimas semanas. A segunda geração do compacto ganhou uma carroceria totalmente nova, que mescla elementos do sedã de luxo 508 e do 308 hatch. A Peugeot emprega uma nova plataforma modular, assim como a Volkswagen fez com o Polo e Virtus. Estamos falando da arquitetura CMP, que o Grupo PSA utiliza com o DS 3 Crossback, e os futuros 2008 e Opel Corsa.

Peugeot 208 2020 (divulgação)

O design também está mais agressivo nesta segunda geração do compacto da marca do leão. A dianteira do modelo está mais agressiva com os novos faróis que agora são menores, e vem com filetes de LED – dependendo da versão – e uma nova grade que é bem maior do que do modelo atual. As laterais lembram bastante as do 308, inclusive no desenho das portas. Já na traseira, o novo 208 utiliza um novo conjunto de luzes que são interligadas por uma peça de plástico preta, que também é vista tanto no sedã de luxo 508, quanto nos SUVs 3008 e 5008.

Peugeot 208 2020 (divulgação)

No quesito motorização, a Peugeot vai disponibilizar na Europa 3 versões de motores a gasolina e 1 a diesel, além de uma inédita versão elétrica que atenderá pelo nome de e-208. Um dos motores a gasolina divulgados é o 1.2 PureTech de três cilindros que pode ter potências entre 75 cavalos a 130 cavalos, e que podem trabalhar tanto com um câmbio manual de 5 velocidades – para o motor com 75 cavalos – quanto um câmbio de 6 velocidades nas demais potências. Existirá ainda uma opção de câmbio automático de 8 velocidades para os motores mais potentes.

Peugeot 208 2020 (divulgação)

Para a versão a diesel, a opção escolhida pela marca é a 1.5 BlueHDI de quatro cilindros que tem 100 cavalos e tem apenas o câmbio manual de 6 velocidades. Já a inédita versão elétrica, a e-208, a Peugeot instalou um conjunto de baterias que geram 136 cavalos e tem 26,5 kgfm de torque e conta com 3 modos de condução: Eco, Normal e Sport. A autonomia é de 340 km e ainda a Peugeot oferece uma garantia de 8 anos ou 160 mil km.

Peugeot 208 2020 (divulgação)

O interior mostra uma enorme evolução de estilo e materiais empregados em relação a geração atual do compacto. Dependendo da versão, o painel de instrumentos pode ser 100% digital, tal como a Volkswagen faz com o Polo, Virtus e T-Cross por aqui. A central multimídia pode vir com telas de 5, 7 ou até 10 polegadas dependendo da versão escolhida.

Peugeot e-208 (divulgação)

Por aqui, a segunda geração do 208 deve chegar por volta de 2021, produzido na planta fabril do Grupo PSA em El Palomar na Argentina, de onde passará a vir como importado. A segunda geração do SUV 2008 também deve ser feita na mesma fábrica e deve chegar por aqui por volta de 2022.

Siga a Jocar

Acompanhe nossas redes sociais!

Video

Fusíveis automotivos - para que servem e como trocar